Imagem de capa da página Survive Fresh

A pós-colheita tem despertado grande interesse nos últimos anos, devido ao aumento da produção e do consumo de frutas, hortaliças e flores. Com uma produção mais acelerada, os índices de perda em pós-colheita também aumentaram, chegando atualmente a cerca de 30%.

Etileno | Agente causador

Um dos maiores responsáveis por esse elevado índice de perda é o etileno, substância produzida naturalmente pelas próprias plantas na forma de um gás incolor levemente adocicado, e que é transportado através de difusão.

Como é produzido

O etileno é um fito-hormônio que atua controlando os estágios de desenvolvimento das plantas, principalmente o amadurecimento. Essa produção pode ser acelerada por diversos fatores, como altas temperaturas, lesões nos frutos ou na planta, condições de stress, etc. O Etileno também é produzido através da combustão de motores, queima de madeira, entre outras formas de combustão.

Perda no pós-colheita

Atualmente, os índices de perda por causa do Etileno estão em torno de 5 a 25% em países desenvolvidos, e de 20 a 35% em países em desenvolvimento. Logo, é recomendado que seja feita a retirada desse gás de ambientes de armazenamento de frutas, hortaliças, flores ornamentais, entre outras plantas, de modo a reduzir as perdas pós-colheita.

Controle de Etileno

Um dos métodos de conservação utilizado com grande sucesso em ambientes de armazenamento, de transporte e embalagem de produtos agrícolas, é a inibição ou redução da produção e dos efeitos do etileno. Dessa forma, o processo de amadurecimento é retardado, prolongando a vida útil dos vegetais.

Desenho de partículas de etileno afetando frutas e hortaliças maduras, fazendo com que elas apodreçam

Absorvedor de Etileno

A GRF desenvolveu o Survive Fresh, um absorvedor de etileno ecologicamente correto, e totalmente nacional.

Survive Fresh está disponível nas versões:

Sachês: Para serem usados internamente, um por embalagem, durante o transporte.

Tubos: Para serem usados nos forçadores de ar das câmaras de refrigeração e, quando há exportação ou cabotagem, nos containers.

Sachês, tubos e conteúdo interior do Survive Fresh

Características do Survive Fresh

> Zeólita sintética modificada com permanganato de potássio
> Material esférico, com granulometria de 1, 2 e 3 milímetros
> Capacidade de adsorção 3,9 ml de Etileno por grama de Survive Fresh
> Embalagem disponível em sachês a partir de 10g ou tubos de 1Kg

Sachês de Survive Fresh

Vantagens do Survive Fresh

> Retarda a maturação, mantendo a qualidade dos frutos e hortaliças por um período maior
> Aumenta o período de armazenamento
> Possibilita a venda das frutas e hortaliças fora do pico de colheita, aumentando o seu preço
> Reduz a incidência de podridão no armazenamento
> Reduz as perdas decorrentes da ação do etileno

Fechar Menu